Você está aqui: Página Inicial > Fórum

Fórum Colaborativo

Para participar do fórum crie uma conta ou faça login.

Entrar com uma conta OpenID

Nesta Discussão

PLS – Planos de Logística Sustentável

edited agosto 2014
Fórum para discutir os Planos de Logística Sustentável.

Comentários

  • Ótima iniciativa.
    Sou responsável pelo PLS da Universidade Federal da Paraíba.

    Sds,
    Ruy
  • Senhores,

    Muito produtiva essa iniciativa. Estou à disposição para contribuições. Sou especialista em Avaliação de Ciclo de Vida e especialista em Logistica, atualamente atuo na Ditoria de Logística do Banco Central.

    Cumprimentos,

    Frederico

  • Jhéssica,

    Parabéns a você e a todos que trabalharam para a criação do portal!
    Sou diretora regional da ESAF e atualmente sou a representante da ESAF - Escola de Administração Fazendária do Ministério da Fazenda - na comissão do PLS do Ministério.
    Fui professora do Programa de Pós-Graduação (mestrado e doutorado) em Direito Econômico e Socioambiental da PUCPR, instrutora do Instituto Ethos e do Instituto Akatu, e sou jurada do Premio ECO da AMCHAM + Jornal Valor.

    Abç

    Fabiane
  • Agradecemos pela participação.

    Ruy, o PLS de vocês já está publicado na nossa página na aba recurso. Estamos inserido os demais PLS lá. Se vocês tiverem outras iniciativas de destaque que queiram compartilhar, nos enviem.

    Frederico, muito bom saber do seu interesse. Vamos entrar em contanto com você.

    Fabiane, muito bom saber que você gostou. Agradecemos a participação e toda colaboração sua e da equipe! O trabalho que vocês desenvolvem também é referência! Parabéns! Estamos fazendo os ajustes. Precisamos das opiniões de vocês!


  • edited abril 2015

  • edited abril 2015


    Caros colegas,




    Estou participando da construção
    do PLS da Universidade Federal do ABC – UFABC.




    Em relação ao tema Compras e
    Contratações Sustentáveis, observei que em alguns PLS não constam os Planos de
    Ação separados por: obras, equipamentos, serviços de vigilância de limpeza, de
    telefonia, de processamento de dados, de apoio administrativo e de manutenção
    predial. Tais documentos
      mencionam
    apenas
      ações gerais para o tema.




    Diante do exposto e considerando
    o inciso VI do artigo 8° da IN n°.10/2012, tenho as seguintes dúvidas:




    1. É
      dispensável a elaboração de Planos de Ação para
      cada item
      descrito acima, já que alguns PLS não cumpriram o disposto na
      norma?

    2.  Vocês poderiam mencionar exemplos mais
      objetivos dos serviços de processamento de dados e apoio administrativo.





  • Prezada Vanessa,

    o Art. 8º da IN n. 10/2012 estabelece que as práticas de sustentabilidade
    e racionalização do uso de materiais e serviços deverão abranger, no
    mínimo, temas como material de consumo, contratações e compras sustentáveis, energia, água, etc...

    Sim, é fato que
    para o tema "material de consumo" deve-se compreender, pelo menos, papel para impressão, copos descartáveis e cartuchos para impressão. Mas isso em relação a iniciativas que atendam ao Plano de Ação estabelecido para o referido tema "material de consumo. O mesmo acontece para Contratações.

    O tema Compras e contratações sustentáveis deve possuir um Plano de Ação. Neste plano de ação é possível estabelecer iniciativas para aqueles sub-temas determinados na norma como
    obras, equipamentos, serviços de vigilância, de limpeza, de telefonia,
    de processamento de dados, de apoio administrativo e de manutenção
    predial.

    Um exemplo prático:

    Imagine que você irá determinar:

    1) Plano de Ação Compras e Contratações Sustentáveis

    1.1) Objetivo: Adotar Compras sustentáveis no órgão XXXX
    1.2) Meta: Inserir critérios de sustentabilidade em XX% dos editais e TR elaborados pelas unidades em até XX/XXXX (mês/ano por exemplo).
    1.2) Responsável: unidade XXX/ Servidor XXXX
    1.3) Iniciativas:

    1.3.1) Aquisição de Ar condicionado mais eficientes com ENCE A, conforme IN n. 2/2014
    1.3.2) Contratação de serviço de engenharia com critérios de sustentabilidade
    1.3.3) Utilização de sistema VOIP para telefonia
    1.3.4) Implementação de Almoxarifado sustentável nas unidades (aquisição de material de expediente sustentável - reciclados, biodegradáveis, etc..) para apoio administrativo

    1.4) Cronograma (visual)
    1.5) Custos: XXXX colocar previsão orçamentária

    etc...

    Imagine que neste plano ao ser definida a aquisição de ar condicionado mais eficiente, que pode vir a consumir menos energia, você já possa prever a formatação de outro Plano de Ação para Energia.  O objetivo poderia ser "reduzir o consumo de energia no órgão" e a meta "reduzir em 10% do consumo de energia no órgão em 8 meses". Uma das iniciativas pode ser: instalação de novos equipamentos de ar condicionado mais eficiente (ou seja, aproveitando aqueles que foram previstos em outro plano de ação).

    O mesmo pode acontecer para Plano de Ação Material de Consumo. Defina o objetivo. A meta e trace as iniciativas considerando papel, cartucho e copo descartável. Pode ser uma iniciativa compreendendo um sub-tema deste, para iniciar o P.A. Ex: 1. Reduzir o consumo de material de expediente. 2. Reduzir XX% do consumo de papel e cartucho de impressão e copos descartáveis em XX/XXXX tempo. 3. Implementar um Sistema Eletrônico de Informações - administração sem papel. Acredito que essa possa ser uma  iniciativa aproveitada em processamento de dados também. Mas seria bom verificar outras iniciativas com equipes de TI, do órgão, se possível.

    Por isso seria bom envolver o máximo de servidores de unidades diferentes do órgão/entidade para contribuírem com as formulações dos Planos de Ação.

    Portanto, a IN não estabelece que é indispensável a elaboração do Plano de Ação para estes itens. A dificuldade é que muitos órgãos e entidades não estão em um momento adequado para implementar várias das iniciativas que a IN traz. Neste aspecto, é importante uma avaliação da Comissão Gestora para identificar o que é possível de ser planejado e realizado, para que conste no plano no primeiro momento e que, a partir daí, nas próximas rodadas de avaliação, vá progredindo em torno do ideal.

    Veja o Plano de Ação de TI do Bacen http://cpsustentaveis.planejamento.gov.br/assets/conteudo/uploads/banco-central-do-brasil.pdf


  • Prezados,

    Boa tarde.

    Em relação ao tema material de consumo - papel para impressão, não vejo muita saída quanto a utilizar o papel reciclado nas comunicações oficiais, já que o Manual de Redação Oficial da Presidência da República determina o uso do papel branco. Neste caso como proceder? Ainda que meu órgão utilize o papel reciclado, esse documento poderá ser considerado " não oficial" por outros órgãos federais.
    Outro ponto: Parece-me que o Manual está sendo revisado e a impressão frente e verso será proibida, isso procede?

    Obrigada.

  • Vanessa, mas você se refere ao fato de utilizar papel reciclado que não seja branco?
    Não consegui informação a respeito de revisão do manual na presidência (3411-1221) e na imprensa nacional (0800-725-6787).
  • Bom dia Admin,

    Justamente. Digo isso porque temos à disposição o papel reciclado, cor bege.

  • Acredito que a aquisição de papel com certificado ambiental atenda a sua necessidade. Aqui adquirimos o papel de árvores 100% reflorestadas.
  • Prezados,

    Boa noite!

    A Resolução 201 do CNJ é um bom exemplo da importância dos PLS na Administração Pública:


    Abraços,

    Leonardo.
  • Prezados,

    o conteúdo da Capacitação sobre PLS realizada no dia
    17/06/2015 no Bloco K, esplanada dos Ministérios em Brasília-DF, pode
    ser acessado por meio do link:
    https://www.comprasgovernamentais.gov.br/paginas/capacitacao-em-planos-de-logistica-17-06-2015
    Os vídeos podem ser encontrados nos links abaixo:
    Vídeo 1: Ilha das Flores: www.youtube.com/watch?v=e7sD6mdXUyg
    Vídeo 2: Universidade dos pés descalços: http://www.ted.com/talks/bunker_roy

  • Bom dia a todos.
    Gostaria de solicitar se algum dos senhores(as) saberia me informar dados sobre o uso de secador de mãos elétrico (ar quente) em relação ao uso de papel toalha (gasto elétrico, economia de papel/pessoa, etc)
    Desde já agradeço.
    Att.
    Henrique
  • Prezado Lourenço, sobre o assunto, temos conhecimento do seguinte artigo http://www.abralimp.org.br/banco_imagens/06032012_Secador_ou_Papel_Toalha.pdf informando que o secador para mãos é mais econômico e impactaria menos o meio ambiente em alguns aspectos.
  • Aberta consulta pública sobre novo decreto para desfazimento de bens

    Interessados podem participar no Portal de Participação Social (Participa.br)
































    Gestores, servidores públicos e a sociedade em geral têm até 7 de agosto para participar de consulta pública sobre
    a nova legislação para o desfazimento de bens nos órgãos integrantes
    do Sistema de Serviços Gerais (SISG). Aberta, nesta segunda-feira (27),
    pelo Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (MP), a norma
    orientará as 367 entidades que fazem parte do sistema.

    “Nosso trabalho é facilitar a
    gestão dos órgãos integrantes do SISG. Queremos a participação de
    gestores e servidores públicos na elaboração desta norma porque são
    eles que lidam com essas questões em seu dia a dia”, disse, secretário
    de Logística e Tecnologia da Informação do MP, Cristiano Heckert

    A minuta de decreto substituirá o
    Decreto nº 99.658, de 1990, que dispõe sobre a movimentação e o
    desfazimento de bens móveis no âmbito da Administração Pública Federal
    (APF). A norma regulamenta também o reaproveitamento, a movimentação e a
    alienação de materiais como equipamentos, peças ou componentes de
    informática; veículos; aeronaves; mobiliário; aparelhos de ar
    condicionado, televisores, geladeiras e equipamentos de laboratórios de
    universidades.

    Os interessados em participar devem acessar o Portal da Participação Social (Participa.br) para emitir a sua opinião.

  • Gostaria de comunicar que o PLS do Departamento de Ciência e Tecnologia Aeroespacial do Comando da Aeronáutica foi Publicado como a ICA 400-40 (anexa). É um primeiro passo, mas já foi dado.
  • Caros senhores (as) tenho uma dúvida sobre o secador de ara quente X toalha de papel. Já verifiquei que para o meio ambiente ele seria mais benéfico, mas vi estudos dizendo que os secadores de ar quente levariam a uma maior contaminação das mãos por micro-organismos. Alguém poderia me esclarecer sobre estes estudos? O secador de ar quente realmente aumenta a quantidade de bactérias nas mãos ao ser usado?
    Grato.
  • Bom dia!

    Sou Adriana Gama e faço parte da Comissão de Logística Sustentável do Núcleo Estadual do Ministério da Saúde da Paraíba.  Gostaria de saber onde estão sendo publicados os PLSs.  Li neste site que teria uma aba Recursos onde estariam ali publicados. Não consegui encontrar esta aba.  

  • Queridos colegas, faço parte do GT para elaboração do PLS da Infraero. Estamos na fase de diagnóstico.

    Precisando saber: 1. se alguém tem em seu PLS ação para utilização de papel reciclado / 2.se tem conhecimento ou elaborou análise de viabilidade econômica do uso de papel reciclado.  Extrapolando o papel reciclado, 3. alguém tomou conhecimento ou utilizou em seu órgão/entidade (melhos dos mundos rsrs) a Ecofont? 

Login ou Registre-se para fazer um comentário.